Arquivo da Categoria ‘Notícias’

Adeus com gosto de em breve estamos voltando!

sábado, 30 de agosto de 2014

Publicado em 30 08 2014 – às 15h41min

Este blog e foda

Alto Alegre do Pindaré. Este será o último post publicado neste espaço, pois a partir do dia 09 de setembro deste ano, será desativado, pena por estarmos nos despedindo já que desde o dia 20 de setembro de 2009, sempre estivemos aqui sempre mostrando as mazelas que sofre nossa cidade, foram dias de tristeza e alegrias. Sem frescurinhas e lenga lenga, aqui não tem vez para frescura e baitolagem… Acabou…

Porém o melhor de tudo é que estamos AQUI, clique e espalhe para os seus amigos, parentes, inimigos e aderentes afinal de contas eles podem estar de volta rsrsrsrs, vacilou vai parar lá… Somos e sempre seremos FODA… 666… Estaremos logo de volta…

LINK para o novo endereço: http://blogducuelho.wordpress.com/

Almoço na casa de Roseana causa indigestão nos aliados

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Do blog do Luis Pablo – Publicado em 05-08-2014 – às 09h24min

Ninguém da base governista vai ser operado para injetar na campanha

Ninguém da base governista vai ser operado para injetar na campanha

A comida era saborosa, o wisk e vinho das melhores safras, mas vem a sobremesa com gosto de féu (amargo). Era tudo que os políticos alinhados ao Palácio dos Leões não queriam provar.

Ninguém da base governista vai ser operado para injetar na campanha

Com postura e discurso de oposicionista, Roseana Sarney pediu aos companheiros raça, força, disposição, coragem e o velho discurso: “vamos ganhar”.

Não foi preciso ninguém perguntar com quais armas. A própria governadora disse que o pleito será vencido com promessas. E muitas promessas.

O desânimo foi geral. Até um ex-juiz eleitoral, que é candidato a deputado federal, chiou e disse que “eleição só se ganha com dinheiro, quem ganha com discurso é oposição”.

O candidato Edinho Lobão quase cai para trás com o posicionamento de Roseana. Ele imaginava que a governadora iria soltar as garras dos Leões e de dentro delas sair o que os políticos do governo mais esperam: dinheiro, convênio e liberação das verbas parlamentares.

De imediato, seis candidato a deputado anunciaram que não terão condições de concorrer sem estrutura de poder.

Agora, o grupo que entrou na casa de Roseana unido, saiu consciente que na disputa pelos cargos eletivos será como no tempo de murici: é cada um por si e Deus por todos, assim como o deputado Stênio Rezende já fez.

Adquira na TOP 10 o seu ingresso do Show com Rosey Valença a princesa do Reggae!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Publicado em 04-08-2014 – às 14h40min

Rosy Valenca

Grande Show no dia 10 de agosto de 2014 no Tropical Clube o preço dos ingressos é único para homens e mulheres ao valor de R$ 10,00

Veja clip abaixo:

Não nos espanta quem foi Balaio continua Balaio ou melhor traíra: Bomba! Stênio Rezende trai Edinho Lobão e fecha com Flávio Dino em São Francisco do MA

domingo, 3 de agosto de 2014

Edinho Lobão ao lado do traidor Stênio Rezende

Já era de se esperar. O deputado estadual Stênio Rezende (PRTB) mostrou seu lado traidor antes mesmo do resultado da eleição de governador no Maranhão.

Rezende montou um comitê de campanha em São Francisco do Maranhão e colocou no cartaz de campanha a sua foto ao lado do deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e do candidato comunista a governador, Flávio Dino.

A imagem abaixo mostra claramente que Stênio Rezende está fechado com os comunistas. Ele, que faz(ia) parte do grupo governista, não deverá mais apoiar a candidatura peemedebista Edinho Lobão, ao Governo do Maranhão.

Stênio Rezende

Stênio Rezende

O Maranhão sem Sarney – pelo menos nas urnas

domingo, 3 de agosto de 2014

Da veja.abril.com.br – Publicado em 03-08-2014 – às 18h38min

Desde 1966, apenas um governador se elegeu contra a vontade de José Sarney. Neste ano, o grupo dá sinais claros de enfraquecimento com a aposentadoria de Sarney e a desistência de Roseana de disputar as eleições

fora_sarney

O município de Presidente Sarney parece uma versão maranhense das cidades do Velho Oeste americano: tudo se resume a uma empoeirada avenida principal, cortada por ruas onde o asfalto é raro, e bodes, bois e porcos pastam livremente. No dia em que o site de VEJA esteve na cidade, na última quarta-feira, uma camionete da Polícia Militar patrulhava incessantemente o ponto mais movimentado da cidade, como que em busca de suspeitos. Mas Presidente Sarney fica no Maranhão: ao mesmo tempo, dezenas de pessoas chegavam das áreas rurais amontoadas em paus de arara e se organizavam em uma longa fila do lado de fora da casa lotérica onde são distribuídos os recursos do Bolsa Família.

Grande parte da população de Presidente Sarney vive na área rural, de agricultura familiar e extrativismo. O analfabetismo está na casa dos 40%. A cidade é o melhor exemplo do que, 48 anos atrás, o recém-eleito governador José Sarney apontava como o dilema maranhense: “O Maranhão não suportava mais, nem queria, o contraste de suas terras férteis, de seus vales úmidos, de seus babaçuais ondulantes, de suas fabulosas riquezas potenciais com a miséria, com a angústia, com a fome e o desespero”.

O contraste continua. Em 2014, as casas de pau a pique continuam existindo por todo o território maranhense. O Estado tem o segundo menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. Mas, hoje, às vésperas de se aposentar, o outrora jovem político se tornou o maior símbolo daquilo que dizia combater. Desde 1966, apenas um governador se elegeu contra a vontade de Sarney: Jackson Lago, em 2006. Ele não concluiu o mandato porque foi retirado do posto pela Justiça Eleitoral. Quem assumiu o cargo foi Roseana Sarney. O nome de Sarney, seus parentes e aliados está presente em incontáveis escolas, pontes, rodovias, avenidas, hospitais, fóruns e municípios – além de Presidente Sarney, existe a cidade de Governador Edison Lobão.

Na pobreza, Presidente Sarney se iguala à maior parte dos municípios do Maranhão. Obviamente, o ex-governador não inventou a miséria no Estado. Mas, em cinco décadas, ele e seu grupo político foram incapazes de dar aos municípios maranhenses um padrão de vida digno. Ao mesmo tempo, recorreram a métodos condenáveis de cooptação política. Sarney assumiu o cargo como um renovador: era um jovem político de boa formação intelectual e pouco ligado aos coronéis. Aos poucos, ele concentrou um poder muito superior ao dos cargos que ocupava.

As eleições deste ano ficarão marcadas pela aposentadoria do ex-presidente da República, que se preparava para disputar mais um mandato no Senado quando anunciou sua desistência em meio a um prognóstico de incertezas na disputa. O cenário já foi melhor para Sarney. A filha dele, Roseana, vai concluir em dezembro seu mandato de governadora e também ficará fora dessas eleições. O favorito para sucedê-la é um adversário histórico da família.

O nome que pode derrotar o grupo de Sarney é o de Flávio Dino (PC do B), um ex-juiz federal que aparece com uma larga vantagem nas pesquisas de intenção de voto. Ele tem a seu lado partidos de peso, como PSDB e PP, e atrai até mesmo uma ala considerável do PT – que, oficialmente, apoia Lobão Filho (PMDB).

“Nós queremos derrotar o Sarney como um caminho para o Estado crescer. É um poder familiar, patriarcal, patrimonialista e oligárquico impede que o Estado desenvolva suas potencialidades”, diz o candidato comunista, que conta com apoio de PSB, PP e PSDB.

Já Lobão Filho, herdeiro político do grupo de Sarney, não teme entrar para a história como o responsável por uma derrota emblemática. “Tenho 195 prefeitos dos 217, tenho o dobro de tempo de televisão, sou muito mais preparado que o candidato adversário. Quando começar a campanha de verdade,  tenho  absoluta certeza da vitória do meu grupo político”, diz ele.

A perda de influência de Sarney é nítida. Entretanto, não foi resultado de uma reviravolta súbita, nem de uma revolução política no Estado. A decadência ocorre de forma lenta e constante. Um fator importante é a simples renovação de eleitores. Edrielle de Cássia, por exemplo, tem 17 anos e é estudante em Presidente Sarney. Mas o primeiro voto dela será é de Flávio Dino. “O Sarney nunca fez nada pela nossa cidade”, diz ela.

Lobão Filho, apesar de herdeiro de uma figura influente no Estado, também não é tão popular quanto os integrantes do clã Sarney. “Se fosse a Roseana, era mais fácil. Mas não conheço o Lobão”, diz a balconista Valdelice Chagas, da cidade de Central do Maranhão.

Há também os que se desiludiram com o grupo de Sarney, como o fisioterapeuta Frederico de Araújo, que vive em Pinheiro – terra-natal do ex-presidente: “Sempre votei neles, mas chega uma hora em que é preciso mudar”.

Os eleitores fiéis ao ex-presidente, entretanto, ainda são muito numerosos. “É igual casamento. Você pode se desentender com sua mulher de vez em quando. Mas ruim com ela, pior sem ela”, diz a funcionária pública Maria das Virgens Nogueira, moradora de Pinheiro e fiel defensora de Sarney.

Independentemente do resultado das eleições deste ano, a popularidade de José Sarney deve continuar em declínio. Mas popularidade em queda não significa ostracismo. O homem mais poderoso do Maranhão continua exercitando muito bem uma prática típica dos coronéis do começo do século XX: o suporte ao presidente do momento em troca de sua lealdade incondicional no Estado. Por isso, muito tempo ainda vai se passar até que a influência de Sarney suma da política brasileira. Mesmo com o o ex-presidente fora do poder público, ele manterá seus indicados em estatais, continuará tendo grande poder nas decisões do PMDB e manterá sua influência no Judiciário. Mas a História é escrita sobretudo a partir de eventos simbólicos, e as eleições de 2014 podem ficar marcadas como a derrocada do homem mais poderoso do Maranhão.

Coisa de macho: Revista Playboy Julho 2014 – Vanessa Mesquita BBB14

sábado, 2 de agosto de 2014

Publicado em 02-08-2014 – às 16h13min

Vejam com exclusividade todas as fotos da edição de julho da Playboy com a vencedora do Big Brother Brasil BBB 14 Vanessa Mesquita. Em fotos radicais e sensuais, a sister campeã mostra que ainda está em dias com seu corpo delicioso. Confira todas imagens logo abaixo!

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR!

Para macho: Sexy de Julho – Ana Paula Minerato – A gostosa do Pânico

sábado, 2 de agosto de 2014

Publicado em 02-08-2014 – às 15h23min

Essa é boa! Prefeitura que funcionava em prédio próprio muda para um com aluguel de R$ 20.000,00

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Do blog do Neto Ferreira – Publicado em 30-07-2014 – às 08h31min

Município de Alto Alegre do Pindaré apresenta diversas irregularidades

Na manhã desta terça-feira (29) o blog recebeu uma denúncia feita por um leitor do município de Alto Alegre do Pindaré – MA, que fica localizada a 219 km da capital.

A prefeitura de Alto Alegre do Pindaré, funciona há vários anos em prédio próprio situado na Av. João XXIII, centro da cidade.Não satisfeito o prefeito, Atemir Ribeiro (PRTB) e sua irmã secretária de administração e finanças do município, compraram um terreno e construíram um prédio particular na Rua da Alegria s/n – Centro, que já está alugado por R$ 20.000,00 (vinte mil reais) onde irá funcionar a prefeitura. Segundo relatos estão nos últimos retoques, para a inauguração, é público e notório na cidade que o prédio é da irmã do prefeito municipal.

Prédio a ser alugado para a prefeitura

Prédio a ser alugado para a prefeitura

A secretaria de saúde do município, o prédio onde funciona a mesma é de propriedade do prefeito que foi comprada do senhor Adalto Mineiro. Por mais de um ano funciona pelo valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais).Além disso, a secretaria de agricultura do município, o prédio onde está funcionando, é de propriedade da Francineide Ribeiro Marques, irmã do prefeito.

Prédio da secretaria municipal de saúde
Prédio da secretaria municipal de saúde

Isso são algumas das muitas irregularidades do município de Alto Alegre do Pindaré, outros problemas citados foi que não há merenda nas escolas, e quando tem não existe o complemento que todos da cidade sabem que pode ser retirado do FPM.

“Não tem médicos e muitos menos remédios nos postos de saúde, não tem ambulâncias todas foram sucateadas mas tem casas alugadas por valores altíssimos fora da nossa realidade, além de estarem sendo cometidos crimes de peculato, improbidade administrativa, vários outros”, relata um dos moradores do município.

Ano passado não foi realizado nenhuma obra de pavimentação da estrada vicinal porque alegavam falta de dinheiro. Podemos notar, mediante os fatos, para onde está indo o dinheiro da população.

Prédio da atual prefeitura e câmara
Prédio da atual prefeitura e câmara
Prédio da secretaria minucipal de agricultura
Prédio da secretaria municipal de agricultura

Nota do blog: Polícia neles!

TRT do Maranhão abre inscrição para estágio

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Publicado em 18-07-2014 – às 14h48min

Estão abertas até o dia 8 de agosto, às 18 horas, as inscrições para o seletivo de estágio de nível médio e superior no Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão.

O valor da bolsa de nível superior é de R$ 650,00 mais o auxílio transporte por dia de estágio e de nível técnico é de R$ 415,00 mais o auxílio de transporte diário.

Para o nível superior, estão sendo ofertadas vagas nos cursos de Serviço Social, Pedagogia, História, Odontologia, Ciências Contábeis (ou Contabilidade), Arquitetura e Urbanismo (ou Arquitetura), Direito, Ciência da Computação, Biblioteconomia, Letras, Comunicação Social (nas áreas de Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda), Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Administração, Ciências Econômicas (ou Economia) e Matemática.

Para o nível técnico as vagas são destinadas às áreas de Técnico em Eletrotécnica, Técnico em Eletrônica, Técnico em Eletromecânica e Técnico em Edificações.  Além destas, o Tribunal também está oferecendo vagas para nível médio, no qual o aluno deverá estar matriculado e cursando somente o 2º ano.

As principais orientações

- O candidato deverá estar regularmente matriculado e com frequência efetiva em curso de nível médio ou superior;

- O candidato deverá ter disponibilidade para estagiar no local da vaga;

- O candidato deverá ser maior de 16 anos;

- Não poderão se candidatar às vagas estudantes matriculados no último semestre do curso.

A aplicação das provas acontecerá no dia 31 de agosto e a divulgação final do resultado será no dia 22 de setembro. Clique aqui para se inscrever.

Coisa pra macho! Carol Muniz nua pelada na Sexy de Julho 2014

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Publicado em 18-07-2014 – às 14h18min

Carol Muniz nua pelada na Sexy de Julho 2014 – Fotos digitais e Making of da linda e gostosa Carol Muniz, ex-assistente de palco de João Kléber, que mostra tudo na Revista Sexy de Julho de 2014. Veja o vídeo e as fotos da Carol Muniz, a modelo baiana de 28 anos, pelada na Sexy de Julho 2014.

Carol Muniz nua pelada na Sexy de Julho 2014

Carol Muniz nua pelada na Sexy de Julho 2014

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Revista Sexy de Julho 2014 - Carol Muniz nua pelada

Carol Muniz nua pelada na Sexy de Julho 2014

Carol Muniz nua pelada na Sexy de Julho

Não Mentirás

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Do blog.kanitz.com.br - Publicado em 17-107-2014 – às 09h41min

Somente seremos um país de verdade, quando colocarmos Não Mentirás em primeiro lugar.

Os 10 mandamentos podem ser considerados umas das primeiras constituições ou cartas de princípios a reger um povo.

Contém os princípios que, na visão do seu formulador, permitiriam àquele povo nômade e errante se instalar em Canaan permanentemente, de uma forma harmoniosa e civilizada.

Poderíamos considerar os 10 mandamentos a primeira constituição a ser criada no mundo, embora pela simplicidade do conceito de Estado na época, o mais correto seria definir os 10 mandamentos como um código de ética.

São 10 princípios básicos, o primeiro estabelecendo o poder de autoridade que regeria aquele povo, Deus.

O segundo mandamento, mas o primeiro a tratar de assuntos mundanos regia: “Não Mentirás”.

A Constituição de 1988 possui mais 1350 preceitos e princípios básicos que regem a nação brasileira.

Não mentirás, por exemplo, não faz parte dela.

Nossa Constituição inclui pérolas como: “Os requisitos a que se refere o Inciso I do parágrafo anterior serão reduzidos em cinco anos, para o professor que comprove exclusivamente tempo de efetivo exercício das funções de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio.

Não Mentirás” não faz parte dos princípios básicos da nossa nação, da nossa Constituição, e nem da nossa ética.

Quantos problemas poderíamos ter evitado se “Não Mentirás” fosse parte dos nossos princípios básicos como nação, de nossos políticos, de nossas campanhas eleitorais?

Quando um namorado ou namorada é flagrado mentindo, normalmente se rompe o relacionamento e fim de papo.

Mentiu uma única vez em uma questão importante é o suficiente para o fim de qualquer relacionamento.

Infelizmente no nosso Congresso isto não ocorre, e nossos deputados podem mentir, porque “Não Mentirás” não está na nossa Constituição, nem cláusula pétrea é, está no código civil.

Não há dúvida em minha mente que somente faremos um país mais solidário, justo e seguro se tornarmos este país menos mentiroso.

Por razões culturais, fui criado com uma ética muito forte de não mentir e sempre dizer a verdade.

Isto me traz inúmeros problemas sociais, porque não consigo me sair bem quando me perguntam se gostei do café ou do jantar, do discurso do meu chefe ou da roupa da minha esposa.

Em países latinos, mentir para o bem dos outros faz parte da cultura.

Entre não magoar e não mentir, preferimos não magoar.

Seu vestido está lindo, querida.”

Recebo dezenas de emails elogiando a minha “coragem” de dizer verdades que precisam ser ditas.

Um elogio curioso e assustador, pois não é isto o que todo mundo deveria estar fazendo?

Verdade deveria ser o “default” da sociedade, o princípio básico, condição sine qua non de qualquer artigo publicado em qualquer lugar.

Eu quero políticos que me representem dizendo a verdade.

Eu quero amigos que me digam sempre a verdade, toda a verdade e somente a verdade.

Aliás, esta é a minha definição de um verdadeiro amigo.

Aquele que me diz a verdade.

Somente seremos um país de verdade, quando colocarmos “Não Mentirás“, em primeiro ou segundo lugar.

Revista Playboy Julho 2014 – Vanessa Mesquita BBB14

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Publicado em 14/07/2014 – {as 16h47min

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Revista Playboy - Vanessa Mesquita BBB14

Aos que gostam (rsrsrsrs): Cheirar pum pode prevenir câncer, ataque cardíaco e demência, diz estudo

sábado, 12 de julho de 2014

Do ultimosegundo.ig.com.br – 12/07/2014 – às 15h39min

Britânicos até criaram um composto em laboratório que imita os benefícios causados pelo mau cheiro
Um grupo de cientistas da Universidade de Exeter, no Reio Unido, divulgou esta semana a informação de que cheirar pum pode prevenir uma série de doenças, como o câncer. A notícia foi publicada pelo site da revista americana “Time”.

Composto foi batizado de AP39: “Ele tem sido aplicado em pequenas doses às mitocôndrias.”
Embora esses gases possam ser nocivos quando inalados em grandes quantidades, os pesquisadores acreditam que uma cheirada aqui e outra ali tem o poder de reduzir os riscos de câncer, acidentes vasculares cerebrais, ataques cardíacos, artrite e demência.
Os cientistas estão tão convencidos que decidiram criar em laboratório seu próprio composto capaz de imitar os benefícios do pum. “O sulfeto de hidrogênio, produzido enquanto as bactérias da comida se decompõem no corpo, pode resultar em futuras terapias para uma variedade de doenças “, disse o doutor Mark Wood em um comunicado da universidade.
Já o professor Matt Whiteman, que trabalhou no estudo que será publicado na revista “Medicinal Chemistry Communications”, disse que o composto foi batizado de AP39: “Ele tem sido aplicado em pequenas doses às mitocôndrias.”
Portanto, da próxima vez que quiser sair do elevador lotado antes que ele chegue ao seu andar, pense que aqueles minutos de sufoco podem salvar sua vida.

Site da nike permitia camisetas personalizadas hostis as oposicões mas não a Dilma e ao PT empresa até agora não deu explicacao convincente

sábado, 12 de julho de 2014

Da veja.abril.com.br – Publicado em 12/07/2014 – às 14h53min

Imediatamente, tentei repetir a simulação que ali é feita. Já não era mais possível. Àquela altura, não tinha como ter a certeza de que se tratasse, realmente, do site da Nike, embora tudo indicasse que sim. Deixei para a hoje a confirmação. Está confirmado, como se lê em texto abaixo, publicado no Globo Online. Leiam. Volto em seguida.
A fornecedora de material esportivo da Seleção Brasileira, Nike, vetou a venda de camisas personalizadas com as palavras PT, Dilma Rousseff, Lula e mensalão. Contudo, até quinta-feira, era permitido personalizar dizeres com os nomes dos candidatos da oposição Aécio Neves e Eduardo Campos.
A restrição foi divulgada pelo usuários Twitter @CarlinhosTroll que tentou escrever “FORA DILMA” e “MENSALÃO” com o número 13 — usado pelo PT — e foi vetado pelo sistema. Contudo, era permitido comprar uma camisa personalizada com a expressão “FORA AÉCIO” e “FORA PSDB” até a quinta-feira. Qualquer frase contendo a sigla “CBF” também era barrada pelo sistema da personalização.
Após a viralização de um vídeo na internet mostrando a contradição, o nome do candidato tucano à Presidência da República e do PSDB também foram vetados. Na manhã desta sexta-feira, o GLOBO tentou personalizar uma camisa, mas o sistema não abriu a opção. Procurada, a fornecedora de material esportivo informou em nota que “não é filiada a nenhum partido político, não só no Brasil como no mundo todo”. Informou ainda que “o sistema do website nike.com, como descrito na própria página, não permite customizações com palavras que possam conter qualquer cunho religioso, político, racista ou mesmo palavrões”, e que “sistema é atualizado periodicamente visando cobrir o maior número de palavras possíveis que se encaixem nesta regra”.
Voltei
Ok. É evidente que a Nike não é filiada a nenhum partido político, como diz a nota. Empresas não se filiam a partidos no Brasil — e, até onde sei, nas democracias mundo afora.
A resposta da empresa é amplamente insuficiente. Existe um programa por trás da ferramenta que permitia a personalização das camisetas. E ele permitia “Fora Aécio” e “Fora PSDB”, mas não “Fora Dilma” e “Fora PT”. Isso quer dizer que alguém programou para que as palavras “Fora” e “PT” não pudessem compor uma unidade, mas não viu nada demais em compatibilizar “Fora” e “PSDB”, por exemplo, o mesmo valendo para Campos.
Diz a empresa que “o sistema do website nike.com, como descrito na própria página, “não permite customizações com palavras que possam conter qualquer cunho religioso, político, racista ou mesmo palavrões”. Isso é que está escrito lá. Mas o fato é que permitia mensagens hostis à oposição, mas não ao governismo. Quando há uma flagrante contradição entre o princípio anunciado e a prática, alguma explicação tem de ser dada, não?
A questão é, aparentemente, irrelevante. Só aparentemente. Faz parte do processo de construção da hegemonia partidária, que busca a uniformização da opinião e a ditadura do partido único, a naturalização da discriminação de quem pensa diferente do partido que se pretende majoritário. No site da Nike, alguém achou que era natural e conforme os princípios vetar as palavras “Fora Dilma”, mas que não havia impedimento nenhum no “Fora Aécio”.
A resposta da Nike me lembra a que recebi, certa feita, de uma empresa de alimentos. Sou alérgico a gergelim — alergia do tipo que mata mesmo! Consumi um pão de forma certa feita e fui parar no hospital. Nos ingredientes, não constava a existência do dito-cujo. Não havia nem mesmo aquele “este produto pode conter resquícios de…”. Nada!  A empresa insistia em me dar a seguinte resposta: “Nossos produtos são feitos seguindo as mais rigorosas normas de etc. etc. etc”. Ah, disso, eu já sabia. Eu queria saber a razão da minha crise. Acabaram admitindo que, no processo industrial, o gergelim acabou se imiscuindo no pão que eu consumira. Vale dizer: era mentira que os produtos fossem feitos “segundo as mais rigorosas regras etc. etc. etc.”. Quando menos, as regras não eram rigorosas o bastante para impedir alguém de consumir involuntariamente algo que poderia matá-lo.
A Nike continua a dever uma explicação. Quando menos, está convidada a demonstrar o que há de errado no raciocínio que vai aqui.
Por Reinaldo Azevedo

Federalização da Educação Já! Senado discute a realização de um plebiscito para a federalização da educação

sábado, 12 de julho de 2014

Publicado em 12/07/2014 – às 09h03min

plebiscito

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado vai discutir na próxima terça-feira (15) nove itens, entre eles, o projeto de Decreto Legislativo (PDS-460/2013), de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que propõe a realização de um plebiscito nacional sobre a transferência para a União da responsabilidade sobre a educação básica.

O projeto conta com relatoria favorável do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Buarque também é autor de uma proposta de emenda à Constituição (PEC 32/2013) que determina a federalização do ensino básico, em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ).

Atualmente, os estados e municípios são responsáveis em custear, em sua maior parte, a educação infantil e os ensinos fundamental e médio. Caso o PDS seja aprovado, a consulta pública deverá ser realizada juntamente à realização do primeiro turno das eleições deste ano, onde o cidadão deverá responder: “O financiamento da educação básica pública e gratuita deve passar a ser responsabilidade do governo federal?”.

Além da consulta no primeiro turno da eleição, será assegurado tempo de TV e rádio para que partidos políticos e frentes suprapartidárias da sociedade civil possam fazer as suas campanhas a favor ou contra a federalização da educação de base. Em seu parecer favorável à realização do plebiscito, o senador Randolfe Rodrigues disse que “federalizar não significa centralizar a gerência da educação básica nas mãos do governo federal, mas sim garantir a responsabilidade da União pelo seu financiamento”.

O projeto ainda será examinado pela Comissão de Assuntos Econômicos e pela CCJ.

Fonte: Revista Forúm.